LIÇÃO 4 – DONS DE PODER

AULA EM VÍDEO –   https://youtu.be/95jIj2uI3Dw

DONS DE PODER Lição 4 – 25 de Abril de 2021
Texto Áureo: I Coríntios 2.4 A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder; 5 Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus.
Leitura Bíblica em Classe: I Coríntios 12.4,9-11

Introdução: Os dons de poder são os meios necessários recebidos da parte de Deus para serem exercidos no serviço do seu reino. Essas manifestações de poder acontecem desde o Antigo Testamento ao Novo Testamento, atualmente envolvendo a Igreja do Senhor Jesus Cristo. Esses dons se manifestam tanto na área física como na espiritual, com operações interiores e exteriores. Todos esses dons de poder são operados pelo Espírito Santo naquilo que é útil à Igreja e na propagação do Evangelho da graça divina. Se o Espírito nos concede tal dádiva é para capacitar-nos a cumprir o nosso ministério; para que nada possa nos impedir de cumprir tal função a qual somos incumbidos de realizar. O recebimento de um dom espiritual envolve uma séria responsabilidade, visto ser essencialmente uma oportunidade de se dar a si mesmo em serviço sacrificial em prol dos outros. É preciso entender que para alguém receber os dons espirituais é necessário ter recebido o batismo no Espírito Santo. Alguns ministérios evangélicos entendem que o batismo com o Espírito foi somente um evento ocorrido no Pentecostes e desse modo, os seus líderes não aceitam que esse evento foi extensivo à Igreja Corpo, isso, em todas as épocas. Em decorrência desta ignorância quanto ao fato, eles próprios são pessoas totalmente desprovidas de qualquer dom espiritual. Nesse caso, os seus liderados também ficam desprovidos de ter e receber essa promessa que foi dada para toda igreja de Cristo. 

1 – OS DONS DE PODER ESTÃO EM AÇÕES SOBRENATURAIS DO ESPÍRITO SANTO – I Coríntios 12.11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.

* É preciso sempre discernir se os dons de poder são do Espírito, ou são do diabo – E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. 2 Coríntios 11:14

Todos os dons são canalizados por meio do Espírito Santo, pois todos se originam dele. O Espírito Santo está por trás de todos dons e capacita seus possuidores a usá-los efetivamente em benefício da igreja. O Espírito exerce sua prerrogativa para determinar e distribuir dons espirituais individualmente, isso significa que o cristão não pode pode escolher os dons que almeja possuir. O Espírito sabe o que a Igreja precisa e assim distribui dons de modo sábio e efetivo. Algo que muita gente ignora, é que o diabo também tem poder para exercer dons de poder e usar pessoas fraudulentas nesses dons para enganar e iludir as almas, e com isso mantê-las longe do verdadeiro evangelho de Cristo.

2 – OS DONS DE PODER ESTÃO NA FÉ APOIADA EM DEUS E NÃO NO HOMEM – I Coríntios 12.9a E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé;

* A fé milagrosa nunca estará num balcão de milagres anunciados pelo homem – Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. Mateus 24:24

Os milagres por si só não provam que algo é de Deus. Eles têm de ser provados pela verdadeira doutrina e pelo testemunho do Espírito Santo. O fato de líderes religiosos realizarem milagres, não é garantia de que são usados por Deus e, essa é uma arma que o inimigo tem espalhado em muitos lugares recrutando líderes sem caráter e com mentes cauterizadas. Milhares de almas são levadas ao engano em busca de milagres e o mais surpreendente é que em muitos casos os milagres realmente acontecem, porém não são da parte de Deus. Esse texto de Mateus 24.24 é um texto escatológico que mostra os enganos religiosos para o povo que ficar na grande tribulação. Porém preliminarmente a isso, essas ilusões e falcatruas estão por toda parte através de líderes corruptos que estão enganando o povo e enganando a si próprio com suas mentes cauterizadas e dominadas pela soberba e sede de poder e riquezas.

3 – OS DONS DE PODER DEVEM ESTAR NAS PREGAÇÕES EVANGELÍSTICAS – I Coríntios 2.4 A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder;

* O poder na pregação tem o objetivo de salvar almas e não exaltar o homem – Porque o nosso evangelho não foi a vós somente em palavras, mas também em poder, e no Espírito Santo, e em muita certeza, como bem sabeis quais fomos entre vós, por amor de vós. 1 Tessalonicenses 1:5

As ostentações e vanglórias orgulhosas identificam todos os que querem demonstrar que a sua capacidade está acima de qualquer outra pessoa. Paulo não se vangloriava a si mesmo, como faziam seus opositores. Seu comportamento era de grande humildade, mesmo com vários dons espirituais que tinha como apóstolo de Cristo. Paulo pregava as verdades de Cristo com discurso claro e espiritual, o que permitia as ações de poder do Espírito nas suas mensagens. Ele expunha a doutrina como o Espírito a entregava, dando liberdade ao Espírito de influenciar internamente os corações dos homens e externamente em sinais e milagres. O evangelho para ter efeitos positivos, deve necessariamente ser pregado pelo poder do Espírito Santo. A mensagem de poder deve atingir a alma de forma que se disponha a deixar tudo por Cristo e entregá-la em condição definitiva pela veracidade e revelação do Evangelho. A palavra de poder nunca vai despertar questões de opinião e especulação duvidosa, mas será o grande objeto de fé e convicção plena em Cristo.

4 – OS DONS DE PODER OPERAM EM CURAS PSICOSSOMÁTICAS E NAS FÍSICAS – I Coríntios 12.9b e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar;

* As operações de cura divina só é real pela misericórdia e compaixão do Senhor – E, Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e possuído de íntima compaixão para com ela, curou os seus enfermos. Mateus 14:14

Através das curas, os homens são levados a considerar as realidades da alma mediante as curas do corpo material. Os dons de cura estão ativos nas igrejas fiéis ao evangelho de Cristo. Os milagres de Jesus nunca foram realizados por razões de ostentação, muito pelo contrário, Ele era sempre impulsionado pela misericórdia, e se utilizou dessas curas para enfatizar lições espirituais, especialmente a dependência que o homem deve ter de Deus. As curas de certa forma têm o objetivo de atrair o povo e esse foi um meio usado por Jesus para que as multidões viessem a Ele, porém o objetivo maior era o doutrinamento desse povo. Jesus outorgou o poder de curar aos ministros do evangelho, mas somente para aqueles que são os seus verdadeiros ministros. Como é um dom que atrai as pessoas, muitos falsos ministros têm utilizado desse dom, evidentemente não vindo da parte do Senhor, mas da parte do maligno e com isso enganam e exploram as pessoas incautas que vivem correndo atrás de milagres.

5 – OS DONS DE PODER ESTÃO PRESENTES NAS OPERAÇÕES DE MARAVILHAS – I Coríntios 12.10 E a outro a operação de maravilhas;

* As operações de maravilhas só acontecem em casos específicos que a ocasião exige – Testificando também Deus com eles, por sinais, e milagres, e várias maravilhas e dons do Espírito Santo, distribuídos por sua vontade? Hebreus 2:4

A operação de maravilhas envolve a capacidade de realizar obras como as de Moisés, os profetas, as de Jesus na terra, dos apóstolos, tanto com milagres físicos como da natureza. Esses dons foram necessários nos primórdios da Igreja para confirmar a verdade proferida por meio dos primeiros apóstolos. São milagres muito além do poder da natureza e fora do curso dela, enchendo os espectadores de admiração e espanto, estimulando a dar atenção à doutrina pregada. Entendemos que esses milagres foram realizados pelos apóstolos, porém hoje, temos a Palavra completa de Deus, de modo que já não são tão essenciais esses milagres dos tempos apostólicos. Nesses tempos, Deus dá testemunho por meio de seu Espírito usando a Palavra e a distribuição de vários dons espirituais ao povo para o serviço do reino. Lembrando que Deus ainda pode operar esse tipo de milagre em casos excepcionais, mas não do jeito que é pregado pelos falsos ministros.

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel
Exit mobile version