A Batalha Espiritual e as Armas do Crente

Lição 13 – A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Texto Áureo: Efésios 6.11 Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
Leitura Bíblica em Classe: Efésios 6.10-20
Introdução: Todos os não cristãos, ou seja, todos os pecadores em todo o mundo, não estão em guerra com o Diabo, pelos simples fato, de que estão do lado dele e consequentemente não são inimigos dele. Desse modo não sendo inimigos do Diabo estão em paz com ele, pois são seus aliados, a maioria na ignorância e muitos por vontade própria. Agora para nós cristãos que outrora estivemos do lado dele, ao passarmos para o lado de Cristo tornamo-nos então inimigos do Diabo. Como o Diabo foi vencido por Cristo, o qual nos libertou dele iniciou-se uma batalha espiritual contra nós, pois ele não se conforma de termos sido liberto dele; e não se dando por vencido faz tudo que pode usando de vários meios para tragar-nos de volta para ele. Daí, a necessidade de estarmos revestidos de toda a armadura de Deus, tanto para nos defender, como para atacá-lo.
1. Ninguém vence o Diabo estando desprovido dos recursos divinos nessa luta.
Efésios 6.10 No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.
A origem da força para vencer o Diabo não está em nós, pois essa força vem do Senhor e, é só com essa força que se pode vencê-lo. E, para nos fortalecer é condicional mantermos uma comunhão íntima com o Senhor, o que envolve uma ligação direta com Ele, a qual não pode ser interrompida. É dessa ligação que nos é transmitido o poder de Deus diretamente a nós, a qual nos torna fortes, o que é essencial para essa batalha espiritual, onde não há tréguas.
2. Devemos nos vestir de tudo que Deus fornece a essa luta defensiva e ofensiva.
Efésios 6.11 Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Efésios 6.12 Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Efésios 6.13 Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.
Não podemos ignorar que estamos em uma batalha espiritual contra o Diabo e os seus anjos caídos e isso é uma realidade e não uma ficção. Vivemos em uma batalha travada no sentido pessoal, mas se não houver esforço da nossa parte, será uma batalha perdida, pois não há vitória sem luta. É preciso entender que o inimigo é nada menos que o Diabo, um ser poderoso, cheio de artimanhas e ardis que não podem ser ignorados e quem ignorar isso na realidade é uma presa fácil para ele. Nossa verdadeira luta não é contra os indivíduos, mas sim, contra seres espirituais demoníacos que operam nesse mundo espiritual usando de vários meios, principalmente pessoas. O Diabo usa o nosso inimigo externo, que é o mundo e o nosso inimigo interno, que é a carne, como meio de nos derrotar, daí, a necessidade de estarmos revestidos de toda a armadura de Deus.
3. Só pode vencer o Diabo, quem está equipado com toda armadura de Deus.
Efésios 6.14 Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça; Efésios 6.15 E calçados os pés na preparação do evangelho da paz; Efésios 6.16 Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Efésios 6.17 Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
A armadura de Deus consiste em características morais e espirituais, as quais são as partes que compõem este meio essencial de defesa e ataque contra o Diabo e seus anjos caídos. O cinto representa viver a verdade do evangelho e ele cinge todas as outras partes da nossa armadura, pois sem essa verdade as outras partes não têm qualquer proteção. A verdade é como um cinto que prende tudo no mesmo lugar e na batalha contra o Diabo e seus exércitos, não há lugar para quem não é sincero. A couraça da justiça envolve termos uma vida santa movida pela fé e o amor, que nos ajuda a estar blindado de todas acusações e perseguições. Os pés calçados envolve a nossa longa caminhada levando e evangelho e propagando em total obediência ao Senhor Jesus Cristo, o nosso Comandante. O escudo da fé significa ter uma fé viva para nos defender dos vários dardos inflamados do maligno, que tenta lançar em nossa mente vários pensamentos, no intento de desobedecermos a Deus. O capacete da salvação refere-se uma mente controlado pelo Espírito Santo, que assim sendo, o Diabo não terá controle sobre a nossa mente. A espada do Espírito é a arma ofensiva muito poderosa, pois se trata da palavra de Deus, que bem manejada é uma arma eficaz para derrotar o Diabo. Jesus Cristo em sua missão sacrificial venceu o Diabo, sendo vitorioso em tudo, porque estava equipado com toda armadura de Deus.
4. Não basta só a armadura, pois sem oração, toda ela não tem qualquer utilidade.
Efésios 6.18 Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos, Efésios 6.19 E por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho, Efésios 6.20 Pelo qual sou embaixador em cadeias; para que possa falar dele livremente, como me convém falar.
A oração e súplicas é algo que não pode faltar na vida do cristão e assim ela deve ser constante, pois é o meio de comunicação com o Senhor e não podemos enfrentar batalhas espirituais sem a Sua direção e orientação. Temos que estar atendo a todas as investidas do inimigo e precisamos usar os sentidos dados por Deus, para que possamos ser conduzidos pelo Espírito, o qual nos dá o discernimento para que venhamos perceber quando e como Satanás está operando. Todos nós precisamos das orações dos verdadeiros cristãos, pois elas nos beneficiam nessa grande batalha espiritual.

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel

Deixe um comentário